Ilustre em Angra

lopes trovão

Dr. Lopes Trovão conversando com outro ilustre Hermista no centro de Angra.

 

 

Read More

Centro – em andamento

centro_alto

Terminada

Terminada

Read More

Porto Angra dos Reis

porto

Read More

Colégio Naval – Vista do Clube Coqueiro

cnCN_INDO2 CN_INDO21

Read More

Terminado – Do cálculo das fundações em conjunto com as sondagens à concepção 3D.

Essa foi mais uma planta feita desde a concepção até os cálculos estruturais e pranchas finais para apresentação para cliente, que no caso foi somente um conceito para apresentação como forma de obtenção de nota para disciplina de Arquitetura e Urbanismo de minha graduação em Engenharia Civil.

 

escritório 1geral_1 geral_2 banheiro_1 pav banheiro_suite1 da sala para cozinha baixa_prim_pav 2

3_1 2_1 1_1 Arquitetura e Urbanismo prancha 4.

Read More

Igreja Matriz – Angra dos Reis

Em 1624, a Câmara Municipal decidiu-se pela construção de uma igreja matriz própria. Após adquirir um terreno e financiamento, as obras começaram a 25 de fevereiro de 1625.Os trabalhos foram lentos e, em 1632, a sede da paróquia foi transferida da Igreja do Carmo para a Igreja de Santa Luzia, que passou a funcionar como matriz provisória.Várias vezes a vila pediu apoio financeiro à metrópole para as obras da matriz, e em 1704 a coroa enviou duzentos mil réis como ajuda. Mesmo assim, a igreja matriz foi inaugurada apenas a 04 de fevereiro de 1750, 125 anos após o início dos trabalhos.

LENDA – A imagem de Nossa Senhora da Conceição, que se encontrava na Igreja Matriz, carrega com ela, por mais de um século, uma interessante história. Com oito palmos de altura e admirável presença, foi trazida há mais de cem anos por uma embarcação que fazia uma viagem com escala em Angra. Querendo seguir viagem, a Nau foi por três vezes impedida, por conseqüência de tempestades que iniciavam assim que a embarcação saía do porto, empurrando-a de volta. Conta a lenda que no rastro da embarcação em meio à tempestade, via-se dezenas de peixes da espécie “Cavala”, típicos da região, que seguiam a embarcação como a uma procissão. Curiosamente, a Cavala possui um osso na cabeça que se assemelha muito ao formato de uma santa com as mãos em prece.

O comandante desistiu de retirar a santa da cidade acreditando ser um aviso dos céus para o destino de Nossa Senhora. Ela foi vendida para a Igreja da matriz e, depois disso os navegantes conseguiram sair da cidade e seguir viagem.

matriz

Read More

Maria Fumaça – Angra dos Reis

No que se refere especificamente à construção de ferrovias no Brasil, o Governo Imperial consubstanciou na Lei n.º 101, de 31 de outubro de 1835, a concessão, com privilégio pelo prazo de 40 anos, às empresas que se propusessem a construir estradas de ferro, interligando o Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia. O incentivo não despertou o interesse desejado pois as perspectivas de lucro não foram consideradas suficientes para atrair investimentos.

É importante destacar que, até a chegada das ferrovias no Brasil, o transporte terrestre de mercadorias se processava no lombo dos burros em estradas carroçáveis. Naquela época, os portos fluminenses de Parati e Angra dos Reis exportavam cerca de 100 mil sacas de café, provenientes do Vale do Paraíba. Em São Paulo, anualmente, chegavam ao porto de Santos cerca de 200 mil bestas carregadas com café e outros produtos agrícolas.

Em 26 de julho de 1852, o Governo promulgou a Lei n.º 641, na qual vantagens do tipo isenções e garantia de juros sobre o capital investido, foram prometidas às empresas nacionais ou estrangeiras que se interessassem em construir e explorar estradas de ferro em qualquer parte do País.centro

Read More